Logo Elsevier

EsteéoconteúdodoPacientEngagement

O que acontece quando o paciente vai para casa?

Saiba mais sobre nossos produtos de Patient Engagement agora! Transforme seus pacientes em participantes ativos em seus cuidados de saúde, dando a eles acesso fácil às mesmas informações baseadas em evidências em que você confia - mas fornecidas em um formato fácil de entender.

Mar.10.2020
 Alcohol Abuse and Dependence Information, Adult

Informações sobre o abuso e dependência do álcool, adultos

Alcohol Abuse and Dependence Information, Adult

O álcool é uma droga amplamente disponível. As pessoas consomem álcool em diferentes quantidades. Pessoas que consomem álcool com muita frequência e em grandes quantidades muitas vezes têm problemas enquanto bebem e após beber. Elas podem desenvolver o que se denomina transtorno relacionado ao uso de álcool. Há dois tipos principais de transtornos relacionados ao uso de álcool:
  • Abuso de álcool. Ocorre quando se consome álcool demais ou com muita frequência. Você poderá consumir álcool para se sentir mais feliz ou reduzir o estresse. Você poderá ter dificuldade para estabelecer um limite na quantidade que consome.
  • Dependência do álcool. Ocorre quando se bebe álcool de forma consistente por um certo período e o corpo muda como resultado disso. Isso pode tornar difícil parar de beber, uma vez que você pode começar a se sentir mal ou diferente quando não bebe. Esses sintomas são conhecidos como abstinência.

Como o abuso e a dependência do álcool me afetam?

O abuso e a dependência do álcool podem ter um efeito negativo sobre a sua vida. Beber demais pode causar dependência. Você pode achar que precisa de álcool para funcionar normalmente. Você pode beber álcool de manhã, antes do trabalho, durante o dia ou assim que chega em casa do trabalho, à noite. Essas ações podem resultar em:
  • Desempenho ruim no trabalho.
  • Perda do emprego.
  • Problemas financeiros.
  • Acidentes automobilísticos e ações criminais por dirigir após consumir álcool.
  • Problemas de relacionamento com parentes e amigos.
  • Perder a confiança e o respeito de colegas de trabalho, amigos e parentes.
Beber intensamente por longos períodos pode danificar permanentemente seu organismo e cérebro e causar problemas de saúde pela vida inteira, tais como:
  • Danos em seu fígado ou pâncreas.
  • Problemas cardíacos, pressão alta ou acidente vascular cerebral (AVC).
  • Certos cânceres.
  • Redução da capacidade de combater infecções.
  • Danos a nervos ou ao cérebro.
  • Depressão.
  • Morrer cedo (prematuramente).
Caso você seja descuidado ou sinta desejo por álcool, é fácil beber mais do que o organismo consegue aguentar (superdosagem). A overdose de álcool é uma situação séria que exige hospitalização. Ela pode levar a lesões permanentes ou morte.

O que pode aumentar meu risco?

  • Ter histórico familiar de abuso de álcool.
  • Sofrer de depressão ou outros problemas de saúde mental.
  • Começar a beber em uma idade precoce.
  • Beber sem moderação frequentemente.
  • Sofrer traumas, estresse e ter um ambiente familiar instável durante a infância.
  • Andar com pessoas que bebem com frequência.

Que medidas posso tomar para prevenir ou controlar o abuso e a dependência do álcool?

  • Não beba álcool se:
    • Seu médico disser para você não beber.
    • Estiver grávida, puder estar grávida ou planejar engravidar.
  • Se você consome álcool:
    • Limite seu consumo a:
      • 0–1 drinque para mulheres.
      • 0–2 drinques para homens.
    • Observe quanto álcool sua bebida contém. Nos EUA, um drinque equivale a uma lata de cerveja de 12 oz (355 ml), uma taça de vinho de 5 oz (148 ml) ou uma dose de bebida destilada de 1½ oz (44 ml).
  • Pare de beber se já tiver bebido demais. Isso pode ser muito difícil caso você já esteja acostumado ao abuso do álcool. Caso comece a ter sintomas de abstinência, converse com seu médico ou com uma pessoa de confiança. Esses sintomas podem incluir ansiedade, tremores nas mãos, dor de cabeça, enjoo, sudorese ou não conseguir dormir.
  • Opte intencionalmente por tomar bebidas não alcoólicas em reuniões sociais e lugares onde possa haver álcool.

Atividades

  • Dedique mais tempo a atividades que você gosta e que não incluem álcool, como passatempos ou exercícios.
  • Busque maneiras saudáveis de lidar com o estresse, como exercícios, meditação ou passar tempo com pessoas de quem você gosta.

Informações gerais

  • Converse com parentes, colegas de trabalho e amigos sobre apoiar você em seu esforço de parar de beber. Caso eles bebam, peça para não beberem perto de você. Passe mais tempo com pessoas que não bebem.
  • Caso ache que tem um problema de dependência de álcool:
    • Conte aos seus parentes e amigos sobre suas preocupações.
    • Converse com seu médico ou outro profissional de saúde sobre onde obter ajuda.
    • Trabalhe com um terapeuta e com um especialista em dependência química.
    • Considere participar de um grupo de apoio para pessoas que estão lutando contra o abuso, a dependência e o vício no álcool.

Onde encontrar apoio

Terapia e grupos de apoio

  • Centros de tratamento locais ou profissionais especializados em dependência química.
  • Grupos do AA na sua comunidade: www.aa.org

Onde conseguir mais informações

  • Centers for Disease Control and Prevention (Centros de Controle e Prevenção de Doenças) www.cdc.gov
  • Instituto Nacional de Abuso do Álcool e Alcoolismo: www.niaaa.nih.gov
  • No Alcoólicos Anônimos (AA): www.aa.org

Entre em contato com um médico se:

  • Você bebeu mais ou por mais tempo do que pretendia em mais do que uma ocasião.
  • Tiver tentado parar de beber ou reduzir a quantidade de bebida, mas não tiver conseguido.
  • Beber com frequência a ponto de vomitar ou perder os sentidos.
  • Sentir tanta vontade de beber que não consegue pensar em outra coisa.
  • Tiver problemas na sua vida em decorrência da bebida, mas continua a beber.
  • Você continuar a beber apesar de sentir ansiedade, depressão ou perda da memória.
  • Tiver parado de fazer coisas que costumava apreciar para beber.
  • Precisar beber mais do que costumava para obter o efeito desejado.
  • Apresentar ansiedade, suor, enjoo, tremores e dificuldade para dormir quando tenta parar de beber.

Obtenha ajuda imediatamente se:

  • Tiver pensamentos de machucar a si próprio ou outros.
  • Tiver sintomas graves de abstinência, incluindo:
    • Confusão.
    • Aceleração dos batimentos cardíacos.
    • Pressão arterial elevada.
    • Febre.
Se sentir vontade de ferir a si mesmo ou a terceiros ou pensar em tirar a própria vida, procure ajuda imediatamente. Você pode ir para o pronto-socorro mais próximo ou ligar para:
  • O número de emergência local (911, nos EUA).
  • Um serviço telefônico de prevenção do suicídio, como o National Suicide Prevention Lifeline (Linha da Vida de Prevenção ao Suicídio Nacional), no número 1-800-273-8255. Ele funciona 24 horas por dia.

Resumo

  • O abuso e a dependência do álcool podem ter um efeito negativo sobre a sua vida. Beber demais ou com grande frequência pode causar dependência.
  • Caso consuma álcool, limite sua ingestão.
  • Caso esteja com dificuldade para manter a bebida sob controle, descubra maneiras de mudar seu comportamento. Passatempos, atividades relaxantes, exercícios ou grupos de apoio podem ajudar.
  • Caso ache que precisa de ajuda para mudar seus hábitos com relação à bebida, converse com seu médico, um bom amigo ou um terapeuta ou vá a uma reunião do AA.

Estas informações não se destinam a substituir as recomendações de seu médico. Não deixe de discutir quaisquer dúvidas com seu médico.

;