Logo Elsevier

EsteéoconteúdodoPacientEngagement

O que acontece quando o paciente vai para casa?

Saiba mais sobre nossos produtos de Patient Engagement agora! Transforme seus pacientes em participantes ativos em seus cuidados de saúde, dando a eles acesso fácil às mesmas informações baseadas em evidências em que você confia - mas fornecidas em um formato fácil de entender.

Jan.21.2021
 Home Oxygen Use, Infant

Uso de oxigênio em casa, bebês

Home Oxygen Use, Infant

Quando seu bebê está clinicamente estável, mas uma doença duradoura (crônica) o impede de captar oxigênio suficiente, um médico pode recomendar uso de oxigênio domiciliar para que o bebê possa ficar em casa. O oxigênio é um tratamento médico que requer prescrição e treinamento extra. O médico vai determinar:
  • Quando dar o oxigênio. Pode ser necessário mais ou menos oxigênio em diferentes momentos, como ao comer, dormir ou viajar para locais com mudança de altitude.
  • Por quanto tempo usar oxigênio.
  • Com que velocidade o oxigênio deve ser administrado (taxa de fluxo), em litros por minuto (LPM).
O oxigênio doméstico pode ser administrado:
  • Por uma cânula nasal. Este é um dispositivo ou tubo colocado nas narinas.
  • Um tubo respiratório (tubo de traqueostomia) que é instalado cirurgicamente na traqueia. Pode ser usado em casos graves.
  • Uma máscara que cobre o nariz e a boca ou que cobre o tubo de traqueostomia.
Esses dispositivos são conectados com tubos a uma fonte de oxigênio, que pode ser:
  • Um tanque. Tanques contêm oxigênio em forma gasosa.
  • Um dispositivo de oxigênio líquido. Esse dispositivo contém oxigênio em forma líquida.
  • Uma máquina concentradora de oxigênio. Máquinas desse tipo filtram o oxigênio do ambiente. Elas usam eletricidade, motivo pelo qual você precisa ter um cilindro de oxigênio de reserva em caso de falta de energia.

Quais são os riscos?

  • Incêndio. Isso pode acontecer caso o oxigênio seja exposto a fontes de calor, chamas ou fagulhas.
  • Lesões na pele. Isso pode acontecer se:
    • O oxigênio líquido tocar a pele.
    • O tubo de oxigênio causar uma úlcera por pressão.
  • Lesões nos pulmões ou outros órgãos. Isso pode acontecer se for fornecido muito pouco oxigênio ou oxigênio demais.

Material necessário:

Para dar oxigênio ao bebê, você precisará de:
  • Uma máscara, cânula nasal ou o material necessário no caso de uma traqueostomia.
  • Um tanque de oxigênio, dispositivo de oxigênio líquido ou concentrador de oxigênio.
  • A fita adesiva que o médico da criança recomendar para prender o tubo (opcional).
Dependendo do dispositivo de fornecimento e da quantidade de oxigênio que o bebê precisa, você também pode precisar de:
  • Um umidificador.
  • Um sistema de liberação de baixo fluxo.
Dependendo do quadro do bebê, você também poderá voltar para casa com:
  • Um oxímetro de pulso. Esse dispositivo fica ligado ao dedo do pé, da mão ou à orelha do bebê. Ele mede o nível de oxigênio e a frequência cardíaca do bebê.
  • Um monitor de apneia. É uma máquina que é fixada ao peito do bebê. Ela detecta a frequência cardíaca e a respiração e emite um alarme se o bebê para de respirar.

Como usar o oxigênio

O médico do bebê ou um funcionário da empresa de dispositivos médicos mostrará como usar o dispositivo de oxigênio. Siga as instruções dele. As instruções deverão ser algo próximo disso:
  1. Caso use um concentrador de oxigênio, certifique-se de que ele esteja conectado à rede elétrica. Caso use um tanque, verifique o nível de oxigênio para ter certeza que haja o suficiente.
  2. Coloque uma das extremidades do tubo na entrada do tanque, dispositivo ou máquina.
  3. Certifique-se de que a máquina esteja configurada de acordo com o volume de litros por minuto prescrito pelo médico da criança.
  4. Ligue a máquina ou ajuste o botão do tanque ou dispositivo para obter o volume correto de litros por minuto.
  5. Para verificar se o aparelho está funcionando, coloque a ponta do tubo dentro de uma xícara de água. A água vai fazer bolhas se o oxigênio estiver fluindo.
  6. Lave as mãos com água e sabão durante pelo melos 20 segundos antes de mexer no bebê.
  7. Acomode-se com seu bebê.
  8. Coloque a máscara sobre o nariz e a boca do bebê. Alternativamente, coloque a cânula nasal e fixe-a com fita, se receber instruções para fazer isso. Caso seu bebê tenha uma traqueostomia, conecta-o à fonte de oxigênio conforme orientado. Você pode precisar de outra pessoa para ajudar a manter as mãos do bebê longe do tubo. Você também pode tentar dar um brinquedo para o bebê brincar enquanto segura a máscara ou a cânula.
  9. Quando terminar, desligue e desconecte a máquina ou gire o botão para DESLIGADO (OFF).

Como limpar e cuidar dos suprimentos de oxigênio

Cânula nasal

  • Limpe-a com um pano molhado e morno pelo menos uma vez por semana ou conforme a necessidade.
  • Substitua-a a cada 2–4 semanas.
  • Se o bebê estiver com resfriado, troque a cânula quando ele melhorar.

Máscara

  • Substitua-a a cada 2–4 semanas.
  • Se o bebê estiver com resfriado, troque a máscara quando ele melhorar.

Garrafa do umidificador

  • Pergunte ao médico ou à empresa do equipamento médicos que com frequência trocar e lavar a garrafa do umidificador. Para fazer isso:
    • Lave-a com sabão e água morna.
    • Enxágue-a completamente.
    • Deixe que ela seque ao ar.
    • Reabasteça com água destilada.

Concentrador de oxigênio

  • Troque o filtro de ar pelo menos uma vez por mês ou de acordo com as instruções da empresa fornecedora de equipamentos médicos domésticos.
  • Limpe o gabinete com um pano todos os dias. Para fazer isso:
    • Desconecte a unidade da eletricidade.
    • Esfregue o gabinete com um pano úmido.
    • Seque o gabinete.

Outros equipamentos

  • Troque os tubos adicionais a cada 1–3 meses.
  • Siga as instruções do médico do bebê sobre como cuidar de todos os demais equipamentos.

Dicas de segurança

Dicas de segurança contra incêndios

  • Mantenha seu oxigênio do bebê e suprimentos relacionados sempre a pelo menos 6 pés (2 m) de fontes de calor, chamas e fagulhas.
  • Não permita que ninguém fume próximo do oxigênio do bebê. Coloque avisos de "não fume" em sua casa.
  • Não use materiais que queimam facilmente (que sejam inflamáveis) quando estiver usando oxigênio. Isso inclui:
    • Álcool isopropílico.
    • Vaselina.
    • Borrifadores ou aerossóis para cabelo.
    • Gel antisséptico para as mãos.
  • Mantenha um extintor de incêndios nas proximidades. Informe o corpo de bombeiros que você tem oxigênio em casa.
  • Teste os detectores de fumaça da sua casa regularmente.

Viagens

  • Prenda o tanque de oxigênio no veículo para que ele não se mova. Siga as instruções da empresa de dispositivos médicos sobre como proteger o tanque com segurança.
  • Confira se você tem oxigênio suficiente para a quantidade de tempo que o bebê passará longe de casa.
  • Caso esteja planejando viajar por meio de transporte coletivo (avião, trem, ônibus ou navio) com seu bebê, entre em contato com a empresa para descobrir sobre as políticas de administração de oxigênio portátil. Você também pode precisar de documentos de um médico e da empresa de dispositivos médicos antes de viajar.

Dicas gerais de segurança

  • Procure ter suprimentos extras à mão, incluindo cânula ou máscara extra, além de tubos extras.
  • Caso use um cilindro de oxigênio, certifique-se de que ele esteja em um suporte ou preso a algum objeto que não se mova (objeto fixo).
  • Caso use oxigênio líquido, certifique-se de que o recipiente dele permaneça na vertical.
  • Caso use um concentrador de oxigênio:
    • Informe sua fornecedora de eletricidade. Certifique-se de receber prioridade de atendimento em caso de falta de energia. É importante ter um cilindro de oxigênio reserva para usar até a energia voltar.
    • Evite usar extensões de tomada.
  • Você deve sempre ter acesso a um telefone em caso de emergência. Mantenha os números de emergência à mão, como o médico do bebê e a empresa do aparelho médico.

Siga estas instruções em casa:

  • Dê oxigênio somente de acordo com as instruções do médico.
  • Saiba como e quando solicitar a mais oxigênio.
  • Sempre mantenha um tanque de oxigênio de reserva. Planeje feriados com antecipação, pois pode não ser possível obter uma receita médica.
  • Use lubrificantes à base de água nos lábios ou narinas do bebê. Não use produtos à base de petróleo, como vaselina.
  • Para evitar irritação da pele nas bochechas ou atrás das orelhas do bebê, coloque um pouco de gaze sob o tubo.
  • Compareça a todas as consultas de acompanhamento de acordo com as orientações do médico do bebê. Isso é importante. Consultas de acompanhamento periódicas são necessárias para avaliar alterações no quadro clínico do bebê e necessidades contínuas de oxigênio.

Entre em contato com um médico se:

  • O bebê parecer mais cansado e sem energia do que o normal.
  • O bebê ficar com a pele seca e irritada.
  • O nariz do bebê sangrar.
  • O bebê não estiver comendo ou dormindo bem.
  • O bebê estiver irritado.
  • O bebê estiver com mais tosse ou congestão.

Busque ajuda imediatamente se:

  • O bebê estiver fraco ou molenga.
  • A respiração do bebê estiver mais rápida do que o normal.
  • O bebê estiver com dificuldade para respirar.
  • A pele do bebê ficar cinza ou azulada em torno dos lábios, gengivas ou olhos.
  • Ao respirar, o bebê:
    • Fizer ruídos sibilantes.
    • Fizer ruídos de grunhidos.
    • Estufar o peito.
    • Tiver as narinas dilatadas.
    • Estiver respirando com a barriga.
Esses sintomas podem representar um problema sério e ser uma emergência. Não espere para ver se os sintomas desaparecem. Procure um médico imediatamente. Ligue para o número de emergência local (911, nos EUA).

Resumo

  • O oxigênio é um tratamento médico que requer prescrição e treinamento extra.
  • O médico do bebê ou um funcionário da empresa de dispositivos médicos mostrará como usar o dispositivo de oxigênio. Siga as instruções dele.
  • Caso use um concentrador de oxigênio, certifique-se de que ele esteja conectado à rede elétrica. Elas usam eletricidade, motivo pelo qual você precisa ter um cilindro de oxigênio de reserva em caso de falta de energia.
  • Certifique-se de que a máquina esteja configurada de acordo com o volume de litros por minuto prescrito pelo médico da criança.
  • Mantenha o oxigênio e suprimentos relacionados sempre a pelo menos 6 pés (2 m) de fontes de calor, chamas e fagulhas.

Estas informações não se destinam a substituir as recomendações de seu médico. Não deixe de discutir quaisquer dúvidas com seu médico.

;